Projetos Institucionais e Concursos

Institutional Projects and Contests

Acompanhe a gente nas redes sociais para novas publicações de projetos e pesquisas

Projeto: 60CA_C

Concurso de Projeto

Arquiteto(a): Pedro Oscar P. Mariano; Leandra Carolina Boldrini

A proposta realizada para o concurso da Nova Ala de Arte Contemporânea do Museu de Arte de Lima. O projeto de ampliação deveria ocupar o terreno ao lado do acervo do museu localizado em um prédio histórico. Assim, tendo em vista a existência de um prédio de caráter histórico no local,  havia dois modos de implementar a proposta:  torná-la invisível, afundando o prédio no terreno utilizando da topografia ou criando um novo volume para marcar o caráter contemporâneo do projeto, agregando também, características da cultura andina peruana, arriscamos a segunda opção. A escolha de desenvolver um novo volume está atrelada à ideia de que cada uma das edificações tenha seu tempo e contextualização histórica bem definida. Criando um diálogo entre os dois edifícios ainda que exista um contraste material e formal entre ambos.

Projeto: 05PR_C

Concurso de Projeto

Arquiteto: Pedro Oscar P. Mariano

O projeto do observatório em Pulpit Rock foi desenvolvido a partir de duas premissas básicas. A primeira é o desenho de uma forma baseada na integração de formas orgânicas da natureza com as linhas retas de construção humana. E a segunda, é a possibilidade de observar novos pontos de vista do desfiladeiro. A estrutura do observatório foi pensada para evitar ao máximo uma agressão visual e geológica ao desfiladeiro. Procurou-se desenvolver uma estrutura na qual as fundações ficassem lineares ao solo, evitando perfurações excessivas durante a instalação. Assim, caso a estrutura precisasse ser removida futuramente, não acarretaria mudanças significativas no terreno.

Projeto: 66BN_B

Participação em Bienal de Arquitetura.

Arquiteto(a): Pedro Oscar P. Mariano; Alice Theresinha Cybis Pereira; Fernando Oscar Ruttkay Pereira

O projeto parte da escolha e desenvolvimento de três eixos  que são: a equidade destes espaços na cidade; o seu desenvolvimento a par de preceitos tecnológicos e com significância; e a reestruturação do que seria um espaço público na cidade. Estes preceitos foram objevados para que a população sinta que a infraestrutura proposta, em diferentes pontos da cidade, os inclui nela. Demonstrando que tecnologia e áreas culturais não são só providos para as populações centrais, e que os ambientes urbanos devem ser apropriados pela população de diferentes classes sociais, credos e etnias.

Projeto: 72VU_U

Projeto Visual Urbano.

Arquiteto(a): Pedro Oscar P. Mariano; Leonardo Brito; Carolina O. da Silva; Francieli F. da Rosa; Alice Theresinha Cybis Pereira; Gabriela Mallmann

>>>> VÍDEO <<<<

Sua cidade tem algum Refugio? Ou a cidade é o seu Refugio? Por que optamos por viver e interagir em centros urbanos? Seria a busca por uma melhor qualidade de vida financeira, maiores oportunidades de emprego, saúde e educação, ou outras comodidades. Essa parece ser uma resposta plausível para a questão, mas a rápida ocupação das cidades e periferias, nas últimas décadas no Brasil, demonstra que independente do que a população procura a resposta ou solução esta nos centros urbanos.

Projeto: 76NT_C

Concurso de projeto.

Arquiteto(a): Pedro Oscar P. Mariano;Gabriela Mallmann

A intervenção proposta para a catedral de Notre Dame é marcada, principalmente, pela estrutura baseada na geometria fractal, cuja as regras foram inspiradas no crescimento da árvore cipreste-mediterrâneo e na ramificação das suas folhas.  A escolha da espécie se deu pela sua resistência as chamas, criando uma relação poética com a resistência da Catedral ao ter suportado duas grandes guerras e, recentemente, um incêndio.